sexta-feira, 21 de março de 2014

Risotto de pato

Já à muito tempo que andava para provar Risotto. As fotos seduziam-me, parecia sempre ser cremoso e saboroso, mas nunca tinha experimentado fazer porque nas minhas pesquisas havia sempre comentários a dizer que era muito difícil. 


Em Dezembro, quando estive de férias em Londres, fui a um acolhedor e pequenino restaurante Italiano de três pisos na zona da ChinaTown. Olhei para a mesa animada dos vizinhos e disse à minha amiga: "Olha o bom aspeto daquele prato. O que será?". Ao que ela me respondeu: "Mais ou menos, tem camarão". Assim que olhei para o menu os meus olhos debateram-se com a palavra Risotto, nem pensei duas vezes, prato escolhido. Era caro, mas delicioso e valeu a pena. Voltava a repetir. 


Agora, foi a vez de me aventurar na cozinha. Não fui tão bem sucedida como o da foto acima, ficou demasiado seco e o Risotto é bom é cremoso. Mas mesmo assim, toda a gente se deliciou durante a minha hora de almoço no hospital. 


Ingredientes: (Para 3 pessoas)
  • 1 peito de pato
  • 1/2 chouriço de carne
  • 250g de risotto
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 colher de manteiga
  • 2 colheres de sopa de tomate frito
  • sal
  • pimenta
  • tomilho fresco
  • salsa picada
  • azeite
  • 2/3 chávenas de chá de vinho branco

Preparação:
  1. Num tacho adicione 1 cebola, 1 dente de alho picados, azeite q.b. para fazer um refogado. Quando alourar, junte o tomate, o tomilho e a salsa. Envolva bem.
  2. Coloque a carne cortada em pedaços, mexendo até alourar. Regue com água até cobrir. Adicione o chouriço e deixe cozinhar. Ao fim de 10 minutos a ferver, retire o chouriço e tape o tacho. Deixe em lume brando até o pato cozinhar.
  3. Ao molho onde cozinhou o pato, acrescente água até prefazer um litro. Deixe ferver. 
  4. Num tacho, faça um refogado com cebola e alho picados com azeite q.b. . Adicione o chouriço em pedacinhos e o risotto. Deixe fritar, mexendo sempre até ficar translúcido. 
  5. Junte o vinho branco e mexa até se evaporar. 
  6. Em seguida, vá juntando o caldo do pato deixando sempre ser absorvido pelo arroz, antes de deitar mais um pouco. 
  7. Quando o arroz estiver quase pronto junte a carne e deixe acabar de cozer. 
  8. Envolva a manteiga e sirva quente. 

Bom apetite!




NOTA: Para que o vosso risotto não fique tão seco como o meu, não deixem que todo o caldo seque e retirem logo do calor, à medida que vai arrefecendo vai absorvendo o caldo e ficando mais seco.

Sem comentários:

Enviar um comentário